terça-feira, 19 de agosto de 2014

Bem vindo Júlio César


Eis uma novela que chega ao fim.
Após já no ano passado ter sido referenciado como hipótese, Júlio César chega finalmente ao nosso plantel.
Boa contratação, neste momento não tinhamos ninguém para competir, ou mesmo apenas rodar o lugar na baliza com o Artur.
Podem-lhe chamar velho mas para mim, 34 anos não é muito. Os guarda-redes normalmente atingem o pico depois dos 30.

O negócio Karnezis é que parece ter ficado sem efeito.

Júlio César assinou por 2 anos.

Bem vindo!!!

Que comece o choradinho



Quem assistiu ao jogo de sábado entre Académica e Sporting e não assistiu às palavras pós jogo até irá pensar que é mentira, mas não! Adrien teve a coragem de vir criticar a arbitragem mesmo depois de tudo o que se viu! Que porco...

Incrível! Se isto é assim quando são beneficiados imagino quando forem prejudicados!

É impossível levar pessoas destas a sério...

É que queixar-se de quê? O William foi bem expulso e o Jefferson comete penalti não sancionado! Enfim...

Este ano é mais do mesmo...

Entretanto, o Rei dos Cagalhões ainda não se pronunciou.

domingo, 17 de agosto de 2014

Benfica 2-0 Paços de Ferreira | Adeus maldição

Se durasse mais uns tempos, alguns começariam a dizer de que se tratava de uma maldição.
Maldição ou não, o registo negativo de primeiras jornadas que durava à 9 anos acabou. Se não fosse hoje, também não sei quando seria.
O jogo até podia ter começado mal... se não começou foi graças ao Artur.
Quanto a exibições... brilho? Apenas nos 2 golos, que a propósito foram 2 magníficos exemplos de classe, ambos com o selo de qualidade de Gaitán que fez as 2 assistências.
 Maxi apontou o primeiro após tabelar com Gaitán e no segundo golo foi apontado por
Salvio, que após belo cruzamento do génio argentino, aparece vindo de trás a cabecear para dentro das redes.
Houve momentos pouco esclarecidos do jogo. Facto resultante de 2 factores: 1-Um Paços forte, mais forte do que se esperava sinceramente; 2-Falta de qualidade a meio-campo, onde tal com JJ disse, muitas vezes Amorim teve de assumir as despesas do jogo sozinho. Numa primeira fase, Enzo não se encontrava em condições e saiu ao intervalo. Depois, Talisca, tal como na pré-época nunca se entendeu com Rúben. Talisca, como já disse, não é um box-to-box. A questão do meio-campo estabilizou quando entrou o André Almeida. Esta alteração provocou um adiantamento no terreno de Amorim que passou a ser o 8 da equipa.
Sem dúvida que o Paços entrou melhor. Quando Paulo Fonseca disse que o Paços não ia estacionar o autocarro estava a falar a sério. Que demonstração de coragem e no fim de contas, quem sai mais benificiado no meio disto tudo, é o próprio futebol.
Mas sem dúvida que fomos superiores e merecemos o triunfo. Quando a equipa assentou, passou a controlar o jogo, sendo que o Paços só voltou a criar perigo em uma ou duas jogadas de contra-ataque.
Não há muito mais a dizer, foi o jogo que se esperava para uma primeira jornada, não se pode pedir muito mais, ainda falta um pouco de ritmo.

Pela positiva, gostava de destacar 3 jogadores:
- Artur, que numa altura de tanta especulação diz 'Estou presente!' Esteve bem o brasileiro.
- Maxi. Não falha, onde houver Maxi há intensidade. Está rápido, inteligente e muito seguro.
- Gaitán. Para mim o Homem do jogo. Está nos 2 golos e o nº 10 assenta-lhe mesmo bem!! Que classe.

Pela negativa, 2 jogadores (não é que tenham sido péssimos!):
- Talisca. A jogar à frente nunca apareceu. Mais recuado não fez o necessário e não se entendeu com R. Amorim.
- Eliseu. Não é que tenha sido péssimo, mas no âmbito defensivo concedeu sempre muitos espaços e por vezes não deu conta de Hurtado.

O próximo jogo é frente ao Boavista no Bessa. O Benfica que se prepare para jogar em sintético. Esta semana, na minha opinião, compensava treinar num piso sintético para os jogadores se habituarem.

Que comece a liga! | Benfica-P. Ferreira: contrariar as estatísticas


E é assim o calendário do Benfica(1ª volta, na 2ª repetem-se os jogos mas quem jogou em casa 1º, vai jogar fora depois e vice-versa).
A expectativa principal está definida: revalidar o título de campeões nacionais, alcançando o bicampeonato, algo que nos foge à muitos, muitos anos! (Ainda nem era nascido). 



O primeiro teste é hoje frente ao Paços de Ferreira. O objectivo hoje, passa mesmo por contrariar a estatística. É que à 9 anos que o Benfica já não vence na 1ª jornada!
Na era JJ, até agora, somamos 3 empates e 2 derrotas. Não pode ser, não podemos voltar a repetir estes começos a meio gás.
Com todo o respeito pelo Paços, não ganhar hoje a esta equipa era mau....

Vamos lá Benfica, rumo ao 34º!!

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Entrevista a Luis Filipe Vieira (Inclui Vídeo da entrevista completa)


Luis Filipe Vieira disse:

- Por opção própria, o Benfica só desinvestiu em 2 jogadores (Cardozo e Garay. No caso de Cardozo, o Benfica deixou-o ir para fazer o contrato da sua vida. Garay tinha o contrato a expirar brevemente e se não saísse agora por esta verba, futuramente iria abandonar o clube a custo zero, pois o Zenit ofereceu um salário ao jogador bem mais alto do que o Benfica pode pagar).

- A crise do BES não é um problema do Benfica.

- O problema do BES não influenciou a venda de jogadores. Sem ser Cardozo e Garay, os outros jogadores saíram por os valores oferecidos pelos mesmos serem bastante satisfatórios. 

- Siqueira não ficou no plantel porque o clube não podia cumprir as suas exigências salariais.

- André Gomes, para além dos €15 milhões pagos por ele, o Benfica ainda tem 25% de mais valia. Rodrigo, para além dos €30 milhões, com o cumprimento de objetivos, o Benfica pode ainda arrecadar mais €10 milhões (estima-se que no prazo de 2 anos).

- O Benfica fatura cerca de €100 milhões anuais, fora a venda de jogadores.

- A dívida do Benfica é algo controlado e no Benfica nunca investiu para pagar a dívida. Investiu sim em projetos preponderantes para o futuro.

- O Benfica é um bom cliente e cumpriu sempre tudo com o BES. A notícia do Expresso é mentira.

- O Benfica é cumpridor e não precisa de 'regatear' com o banco. Não precisa de negociar as taxas de juros, negociar prazos para pagamentos de dívida, entrar em incumprimento ou perdões de dívida (1-0 Sporting :) )

- Danilo Pereira está fora de questão. Um jogador que já abandonou o clube não poderá regressar.

- O passivo não preocupa pois os ativos são muito superiores.

- Enquanto for presidente, o Benfica será do Benfica e dos benfiquistas, ou seja, não vai deixar que nenhum investidor milionário adquira a SAD. 

- Enzo e Gaitán só saem pela cláusula de rescisão. Não chegaram propostas pelos 2 jogadores.

- As notícias acerca do Luisão estar à beira de assinar com a Juventus são falaciosas. A Juventuas não apresentou nenhuma proposta pelo jogador.

- A pré-época foi boa para assentar os pés na terra e acabar com toda a euforia.

- As notícias que diziam que LFV e JJ não estavam com uma boa relação são ridículas.

- Karnezis interessa ao Benfica e existem negociações.

- Oblak foi oferecido ao Benfica. O clube recusou. P.S: E recusou muito bem! Tal como o presidente disse, quem foge 2 vezes nem sequer vale mais pensar nisso.

- Brevemente vai ser anunciado um trinco.

- Os jogadores foram emprestados para crescerem. Futuramente regressarão ao Benfica (Por exemplo Djuricic).

- Djavan foi em prestado devido à chegada de Eliseu.

- Pizzi e Nélson Oliveira ficam no plantel. Sílvio ainda não se sabe se fica.

- Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva e João Cancelo foram apenas emprestados. As notícias que dizem que foram vendidos ao fundo de Lim por €45 milhões são falaciosas. Foram crescer para voltar futuramente.

- O projecto 'Benfica made in Benfica' vai ser uma realidade com o tempo. Por enquanto ainda é cedo, mais vai acontecer.

- O grande objectivo para a nova época é revalidar o título de Campeão Nacional.

- As modalidades vão continuar a ser aposta.


Entrevista em vídeo:

1ª Parte:


2ª Parte:

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Luís Filipe Vieira em entrevista na BTV - 21h | Moniz e o caso BES


LFV concede hoje à noite uma entrevista em exclusivo para a BTV. Isto decorrerá por volta das 21h.
Da sua parte, apenas peço que seja direto e sincero (como tem sido sempre).
Há muitos benfiquistas à espera de respostas em relação à situação actual do clube.

Entretanto, aos que se interrogam acerca do caso BES, não sei se o LFV vai adiantar muito acerca disso.
O nosso vice José Eduardo Moniz entretanto, já abriu um pouco o jogo.

Aqui ficam as suas palavras:

“Há cerca de um ano e meio, o sistema financeiro introduziu um factor de distorção competitiva inexplicável, quando decidiu perdoar a um determinado clube dívida contraída e quando em relação à dívida remanescente, decidiu reescaloná-la em 20 anos. De alguma forma, o que acabou por se verificar foi que um conjunto de administrações que não geriu tão bem o clube, acabou por ser premiada”.

Por oposição, Moniz considera que Benfica e FC Porto não beneficiaram das mesmas condições
“O Benfica e o FC Porto são clubes cumpridores e não tiveram nem perdões de dívida, nem taxas de juro de favor, nem incumpriram pagamentos de juros ou de capital", acrescentou Moniz, acreditando que os “encarnados" terão boas relações com o Novo Banco, após o colapso do Banco Espírito Santo: "Não estou a ver que o Benfica, que nunca teve de um perdão de dívida, que nunca beneficiou uma taxa de juro de favor e que nunca incumpriu um prazo de pagamento de juros ou capital esteja no topo da agenda dos assuntos que o Novo Banco precisa de tratar. O Benfica sempre se portou bem nas relações com a banca.”

Danilo Pereira

Normalmente não sou apologista de contratações de jogadores a equipas chamadas 'pequenas' da nossa divisão.
O que acontece é que certos jogadores que até vingam na sua equipa, que até se destacam em relação aos outros, não têm claramente estofo para jogar a alta competição, em clubes maiores, a jogar na europa.
Para que é que fomos buscar o Candeias? Alguém seriamente pensou que este jogador poderia vingar num plantel como o do Benfica? Contratação disparatada, à semelhança das contratações feitas pelo Porto no ano passado. Licás e Josués? Que é isso? Viu-se o que deu. Uma má época desportiva do Porto por falta de bons reforços. Este ano já foi tudo embora.

Mas assim como se pode fazer esta análise, também é importante ver que podem haver excepções... há exemplos como o João Mário, que jogou pelo Setúbal na época transacta, por exemplo. Não me importava nada de o ter no plantel.
Outro caso é o de Danilo Pereira. Sempre o admirei. Até posso estar aqui a dizer uma barbaridade. Ele até pode vir para o Benfica e não jogar nada. Os mais distraídos iram dizer que sou burro.
Assim como William vingou no Sporting, Danilo poderá vingar no Benfica. Recordo que nas  seleções jovens, William era suplente de Danilo e não o contrário.
Provavelmente, tudo não passará de especulação da imprensa mas enfim... gostava de o experimentar no nosso plantel. Teria que ganhar outro ritmo e outra experiência (jogar na europa assim o exige).

Mesmo assim continuo a não descartar a contratação de um 6 mais experiente.

Acham que seria uma boa contratação?

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Posições a reforçar: GR, 6 e avançado (9 ou 7?)

Muito se tem falado sobre o nosso plantel.
Para mim, há certos aspectos que são prioritários.
Para mim, o primeiro é segurar a todo o custo Enzo e Gaitán ou qualquer outro jogador dos considerados essenciais.
O segundo é reforçar a baliza, o meio-campo com um trinco e um avançado para o ataque.

Quanto à baliza, após muitos rumores de vários candidatos ao lugar, Karnezis surge como uma forte possibilidade. De acordo com as notícias, o mesmo já esteve em Lisboa. Em certos jornais até se diz que já terá assinado, mas como ainda não ouvi nem li nada da parte do Benfica, ainda não posso afirmar nada.

Quanto ao jogador em si, não conheço bem. Sei que esteve no mundial ao serviço da Grécia  e que na época transacta representou a Udinese de ItáliaItália.
Artur trás algumas inseguranças e por isso é de urgente arranjar outro guardião para ombrear com o brasileiro por um lugar na equipa principal. Recordo que neste momento, sem ser Artur, não temos grandes alternativas.

Outro aspecto prioritário é a aquisição de um trinco. 
Já é certo que Fejsa apenas regressa lá para Janeiro.
Assim sendo, ficamos apenas com Rúben Amorim e João Teixeira para ocupar a posição mais recuada do meio-campo.
Rúben Amorim é mais um 8 mas pode fazer a posição, é certo, mas em jogos onde seja preciso mais alguma contenção, é necessário alguém com as características de um 6 puro, a segurar bem o meio-campo.
João Teixeira, para além de ainda ser um pouco verde, é mais um box-to-box do que um 6...
Falta alguém possante, com boa capacidade de desarme e bom posicionamento para fazer dupla (se Deus quiser) com Enzo.
Muitos rumores circularam por aí, mas neste momento esta é uma questão um pouco morta.
Com o campeonato aí à porta e com o mercado a fechar em breve, gostava de ver o Benfica fazer alguma movimentação brevemente.
Não estou a pedir nenhum Matic caramba!!!

Posto isto, na minha opinião, apenas falta mais um avançado.
Neste momento temos Lima, Derley, Nélson Oliveira, Jara e Bebé( se JJ o quiser usar no meio).
Lima, apesar de parecer ainda ter que afinar a pontaria, é sempre muito trabalhador e dá muito jogo, joga muito com a equipa. À partida, uma das vagas na frente será dele.
Derley ainda não me convenceu. Sei que no ano passado fez coisas muito boas, e que talvez esteja a ser precipitado, mas para já, ainda não me parece ter o que é preciso.
Nélson Oliveira: gosto das suas movimentações. Corre muito, varia do centro para as alas e joga muito com a equipa. Contudo, a pontaria não é um dos seus pontos fortes. Contudo, eu mantinha-o no plantel.
Jara ainda não me impressionou, não sei se fica na equipa...
Bebé agrada-me. Tem que crescer um pouco mas é explosivo, desequilibrador e tira bons cruzamentos. JJ parece ter mais intenção em o utilizar nas alas do que ao centro.
Sendo assim, falta um jogador de qualidade.
Com Cardozo e Lima na frente, tínhamos um avançado fixo (Cardozo) e um mais líbero (Lima). Na época, a dupla revelou-se de sucesso, um pouco à vista da dupla Saviola-Cardozo. O paraguaio e o brasileiro fizeram muitos golos.
Na época passada, Cardozo lesionou-se e Rodrigo entrou no onze. Com Rodrigo, passámos a ter 2 avançados livres. Os 2 vinham jogar jogo muito atrás. Por vezes era Rodrigo que jogava mais recuado e por vezes era Lima. Com esta dupla, o Benfica começou a jogar de maneira diferente, o meio-campo passou a ter mais apoio e esta fase coincidiu com a melhor fase do Benfica na época anterior. Após isto, sempre que Cardozo regressou, não se conseguiu encaixar no novo estilo de jogo do Benfica.
Não podemos porém esquecer que a dupla Lima-Rodrigo foi menos produtiva do que a dupla Lima-Cardozo.

Por isso fica a questão, deveríamos ir buscar um avançado mais móvel, ou um fixo? 

Esta é a minha opinião. Com o campeonato a começar no próximo fim de semana, o tempo começa a escacear!

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Supertaça Cândido de Oliveira: A 5ª já cá canta

Antes demais, desculpem-me só escrever agora, mas só agora é que arranjei um tempinho.

Domingo conquistamos mais um troféu diante do Rio Ave. Não posso deixar de destacar que esta Supertaça é o 4º título nacional conquistado pelo Benfica em 2014. Ano para recordar sem dúvida.

Quanto ao jogo, um Benfica, que como eu e todas as outras pessoas que realmente sabem um pouco de bola sabiam, entrou muito forte. A questão da pré-época é insignificante, os jogos disputados foram mais para desenvolver a questão física (quem não concorda que olhe bem para o calendário e os adversários que o Benfica enfrentou.
Os processos parecem bem assimilados, e se repararmos bem, o fosso (em termos de jogadores) em relação à época passada foi insignificante. Apenas 2 jogadores se estriaram  com o manto sagrado. Foram eles Eliseu, que se exibiu a excelente nível e Talisca que na 1ª parte esteve bem.

A questão de Talisca é interessante. Para mim não foi surpresa nenhuma vê-lo aparecer a jogar em terrenos mais adiantados. Recordo que Talisca jogou no apoio ao ponta-de-lança.
Já tinha dito aqui que Talisca não é um box-to-box. JJ pode trabalhá-lo para desempenhar essas funções mas por enquanto ainda não tem o que é preciso para ocupar essa posição.
Se olharmos bem às características do jogador, Talisca é bom para aparecer mais à frente. Com a facilidade e qualidade de remate que tem, pode ser útil para as segundas bolas à entrada da área e assim. Esteve bem durante a 1ª parte, a bom ritmo, só esteve mesmo mal na finalização. Na 2ª parte quebrou completamente.

Tenho que destacar, obviamente, os regressos de Luisão, Jardel e Enzo. Que diferença que foi!!
Na defesa acabaram as brincadeiras. O comandante chegou e mandou. Jardel esteve muito bem também.
No meio-campo, ouve outro gás. Enzo trouxe velocidade, equilíbrio e tranquilidade. Espero mesmo que não saia para já, porque faz lá muita falta.


Gostei de ver o Benfica. Muito pressionante e com velocidade. De facto, a única coisa má a apontar foi a eficácia. Por causa da falta da mesma, o jogo apenas foi decidido nos penaltis, algo que não era necessário. Concordo com o JJ, quando disse que entre as 3 finais disputadas diante do Rio Ave, esta foi a mais desnivelada a nosso favor.

Salvio esteve bem, a desequilibrar muito, Gaitán voltou a aparecer muitas vezes no meio.

Lima não esteve bem e Derley também não trouxe nada de novo.

Sem dúvida que a pontaria é algo a afinar mas acho que estamos prontos para o que aí vem.

 
Em relação a Artur, voltou a meter água no decorrer do jogo mas nos penaltis acabou por ser herói, defendendo 3. Acho que o problema dele é falta de confiança. A falta de jogo de pés é relativa e um guarda-redes que faz o que ele fez na 1ª época, não pode perder todas as suas virtudes de um momento para o outro. Deixa-me muito reticente a sua situação...

Entretanto, está na hora de ir ver a 2ª parte da Supertaça Europeia.

P.S: Não consigo deixar de pensar que hoje deveríamos estar a assistir a um Benfica-Real Madrid e não a um Sevilla-Real Madrid, caso em Maio a justiça tivesse sido feita. Não foi infelizmente... Enfim...

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Ainda não foi desta que levámos a melhor sobre os alemães...


Pois é, nem no futebol, nem na política, nem nos Sub-19.
A Alemanha continua a levar a melhor.
A única excepção será mesmo o hóquei em patins!

Contudo, é de saudar os nossos rapazes.
Eles têm vindo a desenvolver um trabalho estupendo deste os Sub-16.
Vem aí uma boa geração para Portugal.

Parabéns rapazes!!