terça-feira, 19 de agosto de 2014

Bem vindo Júlio César


Eis uma novela que chega ao fim.
Após já no ano passado ter sido referenciado como hipótese, Júlio César chega finalmente ao nosso plantel.
Boa contratação, neste momento não tinhamos ninguém para competir, ou mesmo apenas rodar o lugar na baliza com o Artur.
Podem-lhe chamar velho mas para mim, 34 anos não é muito. Os guarda-redes normalmente atingem o pico depois dos 30.

O negócio Karnezis é que parece ter ficado sem efeito.

Júlio César assinou por 2 anos.

Bem vindo!!!

Que comece o choradinho



Quem assistiu ao jogo de sábado entre Académica e Sporting e não assistiu às palavras pós jogo até irá pensar que é mentira, mas não! Adrien teve a coragem de vir criticar a arbitragem mesmo depois de tudo o que se viu! Que porco...

Incrível! Se isto é assim quando são beneficiados imagino quando forem prejudicados!

É impossível levar pessoas destas a sério...

É que queixar-se de quê? O William foi bem expulso e o Jefferson comete penalti não sancionado! Enfim...

Este ano é mais do mesmo...

Entretanto, o Rei dos Cagalhões ainda não se pronunciou.

domingo, 17 de agosto de 2014

Benfica 2-0 Paços de Ferreira | Adeus maldição

Se durasse mais uns tempos, alguns começariam a dizer de que se tratava de uma maldição.
Maldição ou não, o registo negativo de primeiras jornadas que durava à 9 anos acabou. Se não fosse hoje, também não sei quando seria.
O jogo até podia ter começado mal... se não começou foi graças ao Artur.
Quanto a exibições... brilho? Apenas nos 2 golos, que a propósito foram 2 magníficos exemplos de classe, ambos com o selo de qualidade de Gaitán que fez as 2 assistências.
 Maxi apontou o primeiro após tabelar com Gaitán e no segundo golo foi apontado por
Salvio, que após belo cruzamento do génio argentino, aparece vindo de trás a cabecear para dentro das redes.
Houve momentos pouco esclarecidos do jogo. Facto resultante de 2 factores: 1-Um Paços forte, mais forte do que se esperava sinceramente; 2-Falta de qualidade a meio-campo, onde tal com JJ disse, muitas vezes Amorim teve de assumir as despesas do jogo sozinho. Numa primeira fase, Enzo não se encontrava em condições e saiu ao intervalo. Depois, Talisca, tal como na pré-época nunca se entendeu com Rúben. Talisca, como já disse, não é um box-to-box. A questão do meio-campo estabilizou quando entrou o André Almeida. Esta alteração provocou um adiantamento no terreno de Amorim que passou a ser o 8 da equipa.
Sem dúvida que o Paços entrou melhor. Quando Paulo Fonseca disse que o Paços não ia estacionar o autocarro estava a falar a sério. Que demonstração de coragem e no fim de contas, quem sai mais benificiado no meio disto tudo, é o próprio futebol.
Mas sem dúvida que fomos superiores e merecemos o triunfo. Quando a equipa assentou, passou a controlar o jogo, sendo que o Paços só voltou a criar perigo em uma ou duas jogadas de contra-ataque.
Não há muito mais a dizer, foi o jogo que se esperava para uma primeira jornada, não se pode pedir muito mais, ainda falta um pouco de ritmo.

Pela positiva, gostava de destacar 3 jogadores:
- Artur, que numa altura de tanta especulação diz 'Estou presente!' Esteve bem o brasileiro.
- Maxi. Não falha, onde houver Maxi há intensidade. Está rápido, inteligente e muito seguro.
- Gaitán. Para mim o Homem do jogo. Está nos 2 golos e o nº 10 assenta-lhe mesmo bem!! Que classe.

Pela negativa, 2 jogadores (não é que tenham sido péssimos!):
- Talisca. A jogar à frente nunca apareceu. Mais recuado não fez o necessário e não se entendeu com R. Amorim.
- Eliseu. Não é que tenha sido péssimo, mas no âmbito defensivo concedeu sempre muitos espaços e por vezes não deu conta de Hurtado.

O próximo jogo é frente ao Boavista no Bessa. O Benfica que se prepare para jogar em sintético. Esta semana, na minha opinião, compensava treinar num piso sintético para os jogadores se habituarem.

Que comece a liga! | Benfica-P. Ferreira: contrariar as estatísticas


E é assim o calendário do Benfica(1ª volta, na 2ª repetem-se os jogos mas quem jogou em casa 1º, vai jogar fora depois e vice-versa).
A expectativa principal está definida: revalidar o título de campeões nacionais, alcançando o bicampeonato, algo que nos foge à muitos, muitos anos! (Ainda nem era nascido). 



O primeiro teste é hoje frente ao Paços de Ferreira. O objectivo hoje, passa mesmo por contrariar a estatística. É que à 9 anos que o Benfica já não vence na 1ª jornada!
Na era JJ, até agora, somamos 3 empates e 2 derrotas. Não pode ser, não podemos voltar a repetir estes começos a meio gás.
Com todo o respeito pelo Paços, não ganhar hoje a esta equipa era mau....

Vamos lá Benfica, rumo ao 34º!!

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Entrevista a Luis Filipe Vieira (Inclui Vídeo da entrevista completa)


Luis Filipe Vieira disse:

- Por opção própria, o Benfica só desinvestiu em 2 jogadores (Cardozo e Garay. No caso de Cardozo, o Benfica deixou-o ir para fazer o contrato da sua vida. Garay tinha o contrato a expirar brevemente e se não saísse agora por esta verba, futuramente iria abandonar o clube a custo zero, pois o Zenit ofereceu um salário ao jogador bem mais alto do que o Benfica pode pagar).

- A crise do BES não é um problema do Benfica.

- O problema do BES não influenciou a venda de jogadores. Sem ser Cardozo e Garay, os outros jogadores saíram por os valores oferecidos pelos mesmos serem bastante satisfatórios. 

- Siqueira não ficou no plantel porque o clube não podia cumprir as suas exigências salariais.

- André Gomes, para além dos €15 milhões pagos por ele, o Benfica ainda tem 25% de mais valia. Rodrigo, para além dos €30 milhões, com o cumprimento de objetivos, o Benfica pode ainda arrecadar mais €10 milhões (estima-se que no prazo de 2 anos).

- O Benfica fatura cerca de €100 milhões anuais, fora a venda de jogadores.

- A dívida do Benfica é algo controlado e no Benfica nunca investiu para pagar a dívida. Investiu sim em projetos preponderantes para o futuro.

- O Benfica é um bom cliente e cumpriu sempre tudo com o BES. A notícia do Expresso é mentira.

- O Benfica é cumpridor e não precisa de 'regatear' com o banco. Não precisa de negociar as taxas de juros, negociar prazos para pagamentos de dívida, entrar em incumprimento ou perdões de dívida (1-0 Sporting :) )

- Danilo Pereira está fora de questão. Um jogador que já abandonou o clube não poderá regressar.

- O passivo não preocupa pois os ativos são muito superiores.

- Enquanto for presidente, o Benfica será do Benfica e dos benfiquistas, ou seja, não vai deixar que nenhum investidor milionário adquira a SAD. 

- Enzo e Gaitán só saem pela cláusula de rescisão. Não chegaram propostas pelos 2 jogadores.

- As notícias acerca do Luisão estar à beira de assinar com a Juventus são falaciosas. A Juventuas não apresentou nenhuma proposta pelo jogador.

- A pré-época foi boa para assentar os pés na terra e acabar com toda a euforia.

- As notícias que diziam que LFV e JJ não estavam com uma boa relação são ridículas.

- Karnezis interessa ao Benfica e existem negociações.

- Oblak foi oferecido ao Benfica. O clube recusou. P.S: E recusou muito bem! Tal como o presidente disse, quem foge 2 vezes nem sequer vale mais pensar nisso.

- Brevemente vai ser anunciado um trinco.

- Os jogadores foram emprestados para crescerem. Futuramente regressarão ao Benfica (Por exemplo Djuricic).

- Djavan foi em prestado devido à chegada de Eliseu.

- Pizzi e Nélson Oliveira ficam no plantel. Sílvio ainda não se sabe se fica.

- Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva e João Cancelo foram apenas emprestados. As notícias que dizem que foram vendidos ao fundo de Lim por €45 milhões são falaciosas. Foram crescer para voltar futuramente.

- O projecto 'Benfica made in Benfica' vai ser uma realidade com o tempo. Por enquanto ainda é cedo, mais vai acontecer.

- O grande objectivo para a nova época é revalidar o título de Campeão Nacional.

- As modalidades vão continuar a ser aposta.


Entrevista em vídeo:

1ª Parte:


2ª Parte:

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Luís Filipe Vieira em entrevista na BTV - 21h | Moniz e o caso BES


LFV concede hoje à noite uma entrevista em exclusivo para a BTV. Isto decorrerá por volta das 21h.
Da sua parte, apenas peço que seja direto e sincero (como tem sido sempre).
Há muitos benfiquistas à espera de respostas em relação à situação actual do clube.

Entretanto, aos que se interrogam acerca do caso BES, não sei se o LFV vai adiantar muito acerca disso.
O nosso vice José Eduardo Moniz entretanto, já abriu um pouco o jogo.

Aqui ficam as suas palavras:

“Há cerca de um ano e meio, o sistema financeiro introduziu um factor de distorção competitiva inexplicável, quando decidiu perdoar a um determinado clube dívida contraída e quando em relação à dívida remanescente, decidiu reescaloná-la em 20 anos. De alguma forma, o que acabou por se verificar foi que um conjunto de administrações que não geriu tão bem o clube, acabou por ser premiada”.

Por oposição, Moniz considera que Benfica e FC Porto não beneficiaram das mesmas condições
“O Benfica e o FC Porto são clubes cumpridores e não tiveram nem perdões de dívida, nem taxas de juro de favor, nem incumpriram pagamentos de juros ou de capital", acrescentou Moniz, acreditando que os “encarnados" terão boas relações com o Novo Banco, após o colapso do Banco Espírito Santo: "Não estou a ver que o Benfica, que nunca teve de um perdão de dívida, que nunca beneficiou uma taxa de juro de favor e que nunca incumpriu um prazo de pagamento de juros ou capital esteja no topo da agenda dos assuntos que o Novo Banco precisa de tratar. O Benfica sempre se portou bem nas relações com a banca.”

Danilo Pereira

Normalmente não sou apologista de contratações de jogadores a equipas chamadas 'pequenas' da nossa divisão.
O que acontece é que certos jogadores que até vingam na sua equipa, que até se destacam em relação aos outros, não têm claramente estofo para jogar a alta competição, em clubes maiores, a jogar na europa.
Para que é que fomos buscar o Candeias? Alguém seriamente pensou que este jogador poderia vingar num plantel como o do Benfica? Contratação disparatada, à semelhança das contratações feitas pelo Porto no ano passado. Licás e Josués? Que é isso? Viu-se o que deu. Uma má época desportiva do Porto por falta de bons reforços. Este ano já foi tudo embora.

Mas assim como se pode fazer esta análise, também é importante ver que podem haver excepções... há exemplos como o João Mário, que jogou pelo Setúbal na época transacta, por exemplo. Não me importava nada de o ter no plantel.
Outro caso é o de Danilo Pereira. Sempre o admirei. Até posso estar aqui a dizer uma barbaridade. Ele até pode vir para o Benfica e não jogar nada. Os mais distraídos iram dizer que sou burro.
Assim como William vingou no Sporting, Danilo poderá vingar no Benfica. Recordo que nas  seleções jovens, William era suplente de Danilo e não o contrário.
Provavelmente, tudo não passará de especulação da imprensa mas enfim... gostava de o experimentar no nosso plantel. Teria que ganhar outro ritmo e outra experiência (jogar na europa assim o exige).

Mesmo assim continuo a não descartar a contratação de um 6 mais experiente.

Acham que seria uma boa contratação?

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Posições a reforçar: GR, 6 e avançado (9 ou 7?)

Muito se tem falado sobre o nosso plantel.
Para mim, há certos aspectos que são prioritários.
Para mim, o primeiro é segurar a todo o custo Enzo e Gaitán ou qualquer outro jogador dos considerados essenciais.
O segundo é reforçar a baliza, o meio-campo com um trinco e um avançado para o ataque.

Quanto à baliza, após muitos rumores de vários candidatos ao lugar, Karnezis surge como uma forte possibilidade. De acordo com as notícias, o mesmo já esteve em Lisboa. Em certos jornais até se diz que já terá assinado, mas como ainda não ouvi nem li nada da parte do Benfica, ainda não posso afirmar nada.

Quanto ao jogador em si, não conheço bem. Sei que esteve no mundial ao serviço da Grécia  e que na época transacta representou a Udinese de ItáliaItália.
Artur trás algumas inseguranças e por isso é de urgente arranjar outro guardião para ombrear com o brasileiro por um lugar na equipa principal. Recordo que neste momento, sem ser Artur, não temos grandes alternativas.

Outro aspecto prioritário é a aquisição de um trinco. 
Já é certo que Fejsa apenas regressa lá para Janeiro.
Assim sendo, ficamos apenas com Rúben Amorim e João Teixeira para ocupar a posição mais recuada do meio-campo.
Rúben Amorim é mais um 8 mas pode fazer a posição, é certo, mas em jogos onde seja preciso mais alguma contenção, é necessário alguém com as características de um 6 puro, a segurar bem o meio-campo.
João Teixeira, para além de ainda ser um pouco verde, é mais um box-to-box do que um 6...
Falta alguém possante, com boa capacidade de desarme e bom posicionamento para fazer dupla (se Deus quiser) com Enzo.
Muitos rumores circularam por aí, mas neste momento esta é uma questão um pouco morta.
Com o campeonato aí à porta e com o mercado a fechar em breve, gostava de ver o Benfica fazer alguma movimentação brevemente.
Não estou a pedir nenhum Matic caramba!!!

Posto isto, na minha opinião, apenas falta mais um avançado.
Neste momento temos Lima, Derley, Nélson Oliveira, Jara e Bebé( se JJ o quiser usar no meio).
Lima, apesar de parecer ainda ter que afinar a pontaria, é sempre muito trabalhador e dá muito jogo, joga muito com a equipa. À partida, uma das vagas na frente será dele.
Derley ainda não me convenceu. Sei que no ano passado fez coisas muito boas, e que talvez esteja a ser precipitado, mas para já, ainda não me parece ter o que é preciso.
Nélson Oliveira: gosto das suas movimentações. Corre muito, varia do centro para as alas e joga muito com a equipa. Contudo, a pontaria não é um dos seus pontos fortes. Contudo, eu mantinha-o no plantel.
Jara ainda não me impressionou, não sei se fica na equipa...
Bebé agrada-me. Tem que crescer um pouco mas é explosivo, desequilibrador e tira bons cruzamentos. JJ parece ter mais intenção em o utilizar nas alas do que ao centro.
Sendo assim, falta um jogador de qualidade.
Com Cardozo e Lima na frente, tínhamos um avançado fixo (Cardozo) e um mais líbero (Lima). Na época, a dupla revelou-se de sucesso, um pouco à vista da dupla Saviola-Cardozo. O paraguaio e o brasileiro fizeram muitos golos.
Na época passada, Cardozo lesionou-se e Rodrigo entrou no onze. Com Rodrigo, passámos a ter 2 avançados livres. Os 2 vinham jogar jogo muito atrás. Por vezes era Rodrigo que jogava mais recuado e por vezes era Lima. Com esta dupla, o Benfica começou a jogar de maneira diferente, o meio-campo passou a ter mais apoio e esta fase coincidiu com a melhor fase do Benfica na época anterior. Após isto, sempre que Cardozo regressou, não se conseguiu encaixar no novo estilo de jogo do Benfica.
Não podemos porém esquecer que a dupla Lima-Rodrigo foi menos produtiva do que a dupla Lima-Cardozo.

Por isso fica a questão, deveríamos ir buscar um avançado mais móvel, ou um fixo? 

Esta é a minha opinião. Com o campeonato a começar no próximo fim de semana, o tempo começa a escacear!

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Supertaça Cândido de Oliveira: A 5ª já cá canta

Antes demais, desculpem-me só escrever agora, mas só agora é que arranjei um tempinho.

Domingo conquistamos mais um troféu diante do Rio Ave. Não posso deixar de destacar que esta Supertaça é o 4º título nacional conquistado pelo Benfica em 2014. Ano para recordar sem dúvida.

Quanto ao jogo, um Benfica, que como eu e todas as outras pessoas que realmente sabem um pouco de bola sabiam, entrou muito forte. A questão da pré-época é insignificante, os jogos disputados foram mais para desenvolver a questão física (quem não concorda que olhe bem para o calendário e os adversários que o Benfica enfrentou.
Os processos parecem bem assimilados, e se repararmos bem, o fosso (em termos de jogadores) em relação à época passada foi insignificante. Apenas 2 jogadores se estriaram  com o manto sagrado. Foram eles Eliseu, que se exibiu a excelente nível e Talisca que na 1ª parte esteve bem.

A questão de Talisca é interessante. Para mim não foi surpresa nenhuma vê-lo aparecer a jogar em terrenos mais adiantados. Recordo que Talisca jogou no apoio ao ponta-de-lança.
Já tinha dito aqui que Talisca não é um box-to-box. JJ pode trabalhá-lo para desempenhar essas funções mas por enquanto ainda não tem o que é preciso para ocupar essa posição.
Se olharmos bem às características do jogador, Talisca é bom para aparecer mais à frente. Com a facilidade e qualidade de remate que tem, pode ser útil para as segundas bolas à entrada da área e assim. Esteve bem durante a 1ª parte, a bom ritmo, só esteve mesmo mal na finalização. Na 2ª parte quebrou completamente.

Tenho que destacar, obviamente, os regressos de Luisão, Jardel e Enzo. Que diferença que foi!!
Na defesa acabaram as brincadeiras. O comandante chegou e mandou. Jardel esteve muito bem também.
No meio-campo, ouve outro gás. Enzo trouxe velocidade, equilíbrio e tranquilidade. Espero mesmo que não saia para já, porque faz lá muita falta.


Gostei de ver o Benfica. Muito pressionante e com velocidade. De facto, a única coisa má a apontar foi a eficácia. Por causa da falta da mesma, o jogo apenas foi decidido nos penaltis, algo que não era necessário. Concordo com o JJ, quando disse que entre as 3 finais disputadas diante do Rio Ave, esta foi a mais desnivelada a nosso favor.

Salvio esteve bem, a desequilibrar muito, Gaitán voltou a aparecer muitas vezes no meio.

Lima não esteve bem e Derley também não trouxe nada de novo.

Sem dúvida que a pontaria é algo a afinar mas acho que estamos prontos para o que aí vem.

 
Em relação a Artur, voltou a meter água no decorrer do jogo mas nos penaltis acabou por ser herói, defendendo 3. Acho que o problema dele é falta de confiança. A falta de jogo de pés é relativa e um guarda-redes que faz o que ele fez na 1ª época, não pode perder todas as suas virtudes de um momento para o outro. Deixa-me muito reticente a sua situação...

Entretanto, está na hora de ir ver a 2ª parte da Supertaça Europeia.

P.S: Não consigo deixar de pensar que hoje deveríamos estar a assistir a um Benfica-Real Madrid e não a um Sevilla-Real Madrid, caso em Maio a justiça tivesse sido feita. Não foi infelizmente... Enfim...

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Ainda não foi desta que levámos a melhor sobre os alemães...


Pois é, nem no futebol, nem na política, nem nos Sub-19.
A Alemanha continua a levar a melhor.
A única excepção será mesmo o hóquei em patins!

Contudo, é de saudar os nossos rapazes.
Eles têm vindo a desenvolver um trabalho estupendo deste os Sub-16.
Vem aí uma boa geração para Portugal.

Parabéns rapazes!!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Benfica 0-2 At. Bilbao

Equipa inicial: Artur, Maxi, Sidnei, César, Eliseu, Almeida, Talisca, Gaitán, Salvio, Lima, Cardozo.
Entraram: Paulo Lopes, Cancelo, Benito, L. Felipe, Teixeira, Lindelöf, Bernardo Silva, Bebé, Ola John, Candeias, Jara, Derley e Nélson Oliveira.
Formação: 4x4x2

Mau jogo. Primeira parte, segunda parte, pouco se aproveita. Talvez se deva ao cansaço de fazer 2 jogos em 2 dias.


A verdade é que nunca nos conseguimos superiorizar e pegar no jogo.
Tivemos sempre muita dificuldade em ter posse de bola frente a um adversário, que apesar de ter menos 1 jogo de preparação, nota-se que já está bem mais adiantado, muito devido à manutenção do seu plantel. Recordo que de peso, apenas se regista a saída do Herrera para o Man. United.

No primeiro tempo, não me lembro de um período de supremacia por parte do Benfica.
No segundo tempo, voltámos a entrar melhor, à semelhança de ontem, mas essa melhora foi meramente temporária.

Este desempenho justifica-se através de exibições individuais que ficaram aquém do que os jogadores têm feito, lá está, devido ao acumular dos jogos.

O meio campo nunca foi capaz de pegar no jogo. Nem Almeida e Talisca numa primeira instância, nem Teixeira (que esteve pouco tempo em campo), nem Lindelöf, nem Bernardo Silva posteriormente. Talisca que fez até agora o pior jogo com a camisola do Benfica. Nunca atinou com o jogo.

Defensivamente, os alas voltaram a deixar-me satisfeito. O Sidnei e o César é que parecem não atinar um com o outro. O Sidnei ainda tem mostrado serviço, mas já o César ainda não me convenceu nem de perto nem de longe. Pouco decidido, com falta de confiança, falha nos momentos cruciais.
De resto, tenho que sublinhar que ambos os golos dos espanhóis surgem de erros primários defensivos. No primeiro, o jogador, à semelhança do jogo com o Marselha, aparece solto e a cabecear à vontade. Artur defende para o poste e a equipa fica toda sem reacção,  ficando tudo parado, enquanto Aduriz encostava tranquilamente para dentro das redes.
No segundo golo, Beñat aparece à entrada da área, vindo de trás e sem marcação e remata à vontade, fazendo golo.
Ainda há aqui uns bons pormenores a afinar, sem dúvida.
Lamento que ainda não tenhamos Luisão, Lisandro ou Jardel. Fazem falta, César e Sidnei estão a acumular muito tempo de jogo.
Espero que estejam aptos na fase 'a contar'.

No ataque, não há nada a registar. Jogo muito fraco na frente. Na primeira parte, Gaitán ainda foi o mais inconformado, tentando remar contra a corrente mas sem efeito. De resto Salvio mal se viu, Lima também, Cardozo vai cada vez mais confirmando a minha teoria de que não se encaixa neste estilo de jogo do Benfica que necessita de um ataque muito móvel, a subir e a descer constantemente. Jara voltou a confirmar alguma irregularidade. Derley pouco apareceu e Nélson Oliveira teve pouco tempo de jogo. Irraizoz foi um mero espectador.
Gostava de frisar que este dia mau do ataque é justificado por um meio campo que não funcionou.
Se o meio campo não funciona como é que as bolas lá chegam à frente?

Foi um teste um pouco mal conseguido. Apesar do cansaço, sei que se podia ter feito mais.
Agora, é um dia de descanso e mais 2 dias seguidos de alta competição!

Não pára! Esta opção de preparação tem a sua lógica. Que melhor maneira há de ganhar ritmo competitivo?
Uns testes valentes assim são o que faltou à selecção na preparação do Mundial! 

Benfica: Mais um jogo de preparação | Portugal Sub-19: Final do europeu hoje frente à Alemanha

Benfica: 

O Benfica tem hoje mais um jogo de preparação. É frente ao At. Bilbao, um adversário que decerto nos irá pôr mais dificuldades do que o Sion.
O jogo é às 18h30 e tem transmissão na Benfica TV.

Portugal:

Para os mais distraídos, saibam que a nossa selecção Sub-19, disputa hoje a final do europeu frente à Alemanha.
Portugal chega a este patamar após afastar a Sérvia nos penaltis, na fase anterior.
Não deixa de ser algo curioso visto que o ano passado fomos afastados nas meias pela Sérvia e também nos penaltis!

Estes meninos são o futuro da nossa selecção principal, por isso, tudo a dar apoio!

O jogo vai ser realizado em Budapeste (Hungria) e vai ser transmitido na RTP1 às 18h00.

Força Portugal!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Benfica 2-0 Sion

Equipa inicial: Artur, Maxi, César, Sidnei, Eliseu, R. Amorim, Talisca, Gaitán, Salvio, Jara (1), Lima.
Ainda entraram: Paulo Lopes, L. Felipe, Lindelof, Benito, J. Cancelo, A. Almeida, J. Teixeira(1), Ola John, Bebé, N. Oliveira e Derley.
Formação: 4x4x2

A qualidade voltou a surgir, mas deste vez o resultado foi diferente.
O Sion até pode ser uma equipa com menos nome, mas não esqueçamos que é uma equipa

que já fez 11 jogos (se não estou em erro), entre os quais, 3 oficiais.

Colectivamente:

A nossa equipa surgiu com grande ímpeto ofensivo, especialmente no segundo tempo.
O Sion nunca foi uma equipa que criasse grandes problemas. Excepção para 2 bolas de golo de Karlen que Artur defendeu muito bem. Ainda foi um pouco notória a falta de intrusamento entre Sidnei e César, contudo, pareceu-me que Sidnei esteve bem melhor do que o companheiro. 

A primeira parte decorreu sem grandes incidentes e ao intervalo já podíamos estar a ganhar por mais do que um golo de diferença. Destaque para a posição onde surgiu Gaitán. O argentino surgiu a 10, deixando o corredor esquerdo todo para Eliseu, que preencheu bem os espaços.

Na segunda parte, os jogadores que entraram, deram uma nova dinâmica à equipa, proporcionando aquele que para mim foi o melhor período da equipa.
Logo aos 50 min, J. Teixeira marcou, após grande abertura de Bebé para Derley e o ex-Marítimo a oferecer o golo ao jovem médio português. 
Esta segunda parte foi um mar de ocasiões, ora Teixeira, Derley, Nélson, Bebé, enfim... a falta de eficácia ainda é definitivamente um ponto a corrigir.
Neste 2º tempo, tenho que destacar francamente Bebé e Teixeira. Bebé, à menos de 1 semana no clube, faz uma exibição de encher o olho, ora assistindo os colegas, ora aparecendo em zonas de finalização. Parece estar a assimilar bem as instruções do JJ.
Teixeira, hoje actuou mais a 8. Já a 6 me tinha parecido francamente bem, mas nesta posição mais avançada fez estragos! Que bem que esteve. Não consigo evitar a comparação ao André Gomes, têm um estilo de jogo parecido. Sem dúvida que nos pode vir a dar muito.

Sinceramente, fiquei satisfeito. Os jogadores parecem estar a assimilar bem o que se pretende deles, dando para ver que já há um maior entrosamento entre eles. Na 2ª parte até houve tempo para as lindas triangulações!!
Estamos a construir uma boa equipa.

Individualmente:

Artur: Numa altura em que é tão questionada a sua posição, deu a melhor resposta possível, fazendo 2 excelentes defesas.

Maxi Pereira: Não envelhece. Veio trazer experiência e sabedoria à equipa. 

César: Pouco esclarecido. Um dos reforços que ainda me deixa mais reservas. Com o tempo de jogo, foi melhorando.

Sidnei: Quando muitos já não contavam com ele, Sidnei aparece ao melhor nível, tanto nos lances defensivos como a aparecer na área adversária. Uma boa dor de cabeça que vai dar a JJ na escolha dos centrais.

Eliseu: Fantástico. Foi chegar, ver e jogar. Com Gaitán quase sempre no meio, o corredor esquerdo foi todo dele. E que bem que ocupou o espaço. Apareceu bem no ataque, dando profundidade e largura que é o que se pede aos laterais neste estilo de jogo de JJ. Defensivamente não teve oportunidade de se mostrar tanto mas quando apareceu, Fê-lo bem. Que disputa que vai ser entre ele e o Benito.

R. Amorim: Não falha. Traz experiência ao meio-campo. Funcionou bem com o Talisca, ambos a compensarem-se um ao outro. 

Talisca: Em termos de visão não fica nada atrás do nosso Enzo. Fez alguns passes a rasgar, apareceu bem à entrada da área e dispôs de uma grande oportunidade através do um pontapé muito potente. Funcionou bem com o Rúben. Quando este avançava, Talisca recuava e dava o que a equipa precisava: equilíbrio.

Gaitán: Com a dorsal 10, fez jus ao número e apareceu sempre mais a dar apoio aos avançados. Transportou bem o jogo, fez bons passes e assistiu com mestria Franco Jara para o 1º golo do jogo.

Salvio: Sempre muito compenetrado com o ataque. Traz outra velocidade e nunca desiste. Mais do mesmo.

Jara: Desta vez aproveitou bem a oportunidade. Foi sempre dos elementos mais irrequietos, criou lances e coroou a exibição com 1 golo.

Lima: Muito trabalhador, apareceu pouco em zonas de finalização.

Paulo Lopes: Não teve trabalho.

Luís Felipe: Algumas incursões pelo ataque. Defensivamente não teve muito a fazer.

Lindelöf: Sem trabalho, nunca comprometeu.

Benito: Começou a lateral esquerdo e acabou a central. Adaptação forçada devido à falta de centrais. 

João Cancelo: Começou a lateral direito e acabou a lateral esquerdo. Parece ganhar pontos a L. Felipe e parece estar mais próximo de ser alternativa a Maxi. Também joga bem na esquerda e a polivalência é algo que agrada JJ.

A. Almeida: Assumiu as tarefas de 6 e não vacilou. Deu segurança e permitiu que J. Teixeira se pudesse aventurar mais em terrenos mais avançados.

J. Teixeira: Se a 6 já se tinha exibido bem, hoje, a 8, exibiu-se a nível galáctico! Que exibição! Marcou, recuperou bolas, criou ocasiões, podia ter marcado mais, enfim! Trouxe outro ritmo ao meio-campo e foi um dos homens do jogo.

Ola John: Alguns rasgos de qualidade não chegam. Ainda não kostrou nesta pré.época todo o seu potencial e sei que pode fazer melhor.

Bebé: À semelhança do João, veio trazer outro ritmo! Com tão pouco tempo no clube e a maneira como jogou não engana! É craque. Desequilibrou muito, criou ocasiões, assistiu os colegas e apareceu em zonas de finalização quase marcando aos 81 min. Está no 2º golo do Benfica, pois é ele que faz o passe a rasgar para Derley, que depois assiste J. Teixeira. Tem facilidade de remate e é um jogador que não tem problemas em rematar de longe. Pode trazer algo que a equipa ainda não tem.

Derley: Assumiu um pouco o papel de Lima. Veio buscar jogo atrás e esteve bem. Apareceu em zonas de finalização, atirando uma bola ao poste. Fez a assistência para o golo de João Teixeira.

N. Oliveira: Quero muito que ele fique. Mexe muito com o ataque e estava em todo o lado! Podia ter marcado por 2 ou 3 vezes.

E é isto, os jogadores parecem estar a responder o que é muito bom.

Amanhã há mais e o jogo é frente ao At. Bilbao. novamente às 18h30 e novamente a ser transmitido na Benfica TV.

Valais Cup


A pré época continua e hoje e amanhã o Benfica vai disputar a Valais Cup, primeiro frente ao Sion e depois frente ao At. Bilbao.

O Benfica levou 28 jogadores para estes 2 jogos.
São eles:


Guarda-redes – Artur Moraes, Bruno Varela e Paulo Lopes;

Defesas – Maxi Pereira, Benito, Eliseu, César, Luís Felipe, Sidnei e João Cancelo;

Médios – Lindelöf, Salvio, Ruben Amorim, Bernardo Silva, João Teixeira, Gaitán, André Almeida, Ola John, Candeias, Ivan Cavaleiro, Talisca e Victor Andrade;

Avançados – Cardozo, Nélson Oliveira, Lima, Jara, Bebé e Derley.



Lamento nesta altura ainda não termos o nosso guarda-redes, que aparentemente vai ser titular, e ainda não termos o médio defensivo que vai ocupar um lugar no onze também. 

Assim, eis a minha equipa inicial para hoje:

Esta minha escolha é simples.

Na baliza escolho o Paulo Lopes, pois apesar de ele não vir a ter muitos minutos na próxima época, parece ter qualidade e tem jogado pouco.

No lado esquerdo, gostaria de experimentar o Eliseu, para ver o que é que ele consegue fazer. Para além disso, Benito precisa de descansar.

Ao centro da defesa, sem mais por onde escolher estão o César e o Sidnei. Tenho mesmo muita pena que nesta altura, Luisão e Lisandro ainda não possam jogar (eles que à partida serão a dupla de centrais titular).

À direita, o Luis Filipe porque ainda não consegui ver exactamente se é bom ou não.

J. Teixeira tem estado bem, e à falta de outro 6, joga ele, assim como Talisca, que tem sido dos melhores, deverá ocupar o posição 8.

Ola John também precisa de minutos para mostrar todo o seu potencial e acredito que poderá ser um jogador que nos dará muito! Precisa de jogar.
Salvio deverá jogar do lado direito.

Na frente de ataque escolhi Bebe e Nelson Oliveira.
Porquê? O Bebe, quero ver se corresponde às minhas expectativas e precisa de jogar para se enquadrar na nossa equipa.
Nelson Oliveira tem poucos minutos de jogo, mas é um jogador que me agrada muito e que acho que nos pode vir a ser uma mais valia. Precisa de jogar para mostrar o que vale.

No último jogo já deu para notar que a equipa está melhor, mais entrosada e assimilar os processos.

Mudaram um pouco os intervenientes, o jogo, esse, permanece o mesmo!


terça-feira, 29 de julho de 2014

Benfica: A época transacta e a nova época que está à porta

Antes de mais, gostava de pedir desculpa por já não escrever nada à tanto tempo.
Neste tempo de ausência falhei a conquista do triplete nacional e a roubalheira histórica que foi a final da Liga Europa.

Também, agora acho que já não vale a pena dizer mais nada sobre isso, dentro de nós, todos sabemos o que sentimos e isso é o que importa.

Vamos então debruçar-mo-nos sobre esta nova época.
É indiscutível a mudança que o nosso plantel sofreu. Jogadores muito importantes no sucesso que foi a temporada passada já saíram. 
Contudo, não concordo com os que dizem que é preciso um milagre para o Benfica conseguir revalidar o título de campeão nacional.
Ora vejamos. Na baliza saiu Oblak, um guarda-redes jovem que reuniu um consenso que há muito não havia na nossa baliza. Contudo, saiu por €16 milhões, uma verba muito boa para um guarda-redes e que até lhe deu entrada no top 10 dos guarda-redes mais caros da história. Além disso, o Benfica tem condições para encontrar outro guarda-redes igualmente bom. As escolhas parecem recair no guarda-redes argentino finalista do mundial do Brasil 2014 Romero. O Oblak foi, na minha opinião, bem vendido.
Na defesa perdemos Garay, talvez um dos melhores centrais do futebol actual. Os valores da sua venda deixam algum mistério... para mim, deve haver alguma cláusula na sua transferência, ou algo do género. Para o substituir, utilizaria o Lisandro. Que classe que ele tem. Para mim, é uma espécie de Garay mais novo.
No lado esquerdo, foi Siqueira. O Benfica não se decidia em comprá-lo por €7 milhões, decidiu-se ele em ir embora. Acho que podíamos muito bem ter dispensado a verba em causa para o manter. Para o seu lugar chegaram Benito e Eliseu ( e Djavan que já foi emprestado). Para mim, Benito tem mostrado serviço, acho que nos vai ser muito útil. Eliseu ainda não teve tempo para se mostrar, mas é um jogador que sempre apreciei, confesso.
No lado direito, Maxi Pereira fica e Sílvio também (este que de resto também poderá atuar no lado esquerdo defensivo) e chega Luis Filipe que parece ter muita qualidade pelo que já demonstrou. Cancelo também poderá ser opção. Sempre defendi que este poderá ser um
dos maiores craques do futuro do Benfica mas talvez ainda precise de amadurecer um pouco.
No meio-campo, tudo igual para já. à excepção de André Gomes que de resto já havia sido vendido em Janeiro. Nada de preocupante. Para mim se Enzo saísse, aí sim, era ora de soar o alarme mas se ficar, fico muito mais descansado. Não há razão para o vender agora. O Benfica já fez uma verba muito boa em vendas, não precisa de vender mais. Precisa sim de comprar um médio defensivo, que é a posição que para mim nós mais carecemos, pois recordo que Fejsa só regressa em Janeiro. Talisca, que pode ser 8 ou 6 parece até agora ser a melhor contratação. Já mostrou muita classe e sabedoria em pouco tempo!
Nos flancos, Salvio e Gaitan ficam, sai Markovic que era muito bom mesmo, mas esta posição é aquela em que estamos mais bem servidos por isso não me preocupa muito. Ola John tem muita classe e Bebe também poderá ocupar um dos flancos. Candeias também é outra opção disponível mas não sei sinceramente se arranjará espaço e Pizzi, na minha opinião podia ser uma aposta viável.
Na frente só sai Rodrigo que à semelhança de André Gomes também já tinha sido vendido e por um valor muito bom. Ficam Lima, Cardozo, Derley, Bebe que também pode aparecer no meio e Nelson Oliveira e Jara (que não sei se ficam no plantel).

Tirando conclusões, não me parece que tenhamos um plantel menos competitivo do que o da época passada. Temos sim um plantel um pouco renovado que precisa de criar rotinas e de ganhar entrosamento, o que já se notou neste último jogo frente ao Ajax, jogo que não merecíamos perder.

De resto, as derrotas nesta fase não me preocupam. Basta olhar para o ano transacto: pior pré-época de que me recordo e começo de época também e depois fizemos a época que fizemos!

Tenham calma, que o Benfica é uma máquina a receber as últimas afinações e o nosso JJ vai o por a cilindrar adversários rapidamente.

Tenham fé!

De resto, amanhã segue-se novo jogo de preparação frente ao Sion a contar para a Valais Cup. O jogo vai decorrer às 18h30 (em Portugal) e vai ser transmitido pela Benfica TV.



terça-feira, 1 de abril de 2014

Nuno Gomes de volta | LFV suspenso... E o burro do Carvalho??

Comecemos por coisas boas... o nosso lendário ponta-de-lança está de volta ao clube, agora para assumir funções directivas!
Era uma questão de tempo, é certo e também não se sabia ao certo que função iria desempenhar. Ao que parece, vai ser assessor para a área internacional do Luís Filipe Vieira.

Boa sorte e bem vindo!!



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mudando de assunto... LFV foi suspenso por declarações feitas no final do Benfica 1-1 Belenenses. Declarações sobre arbitragem... A suspensão é de 60 dias e ainda tem de pagar multa de 1530€.
Será que sou o único benfiquista que se questiona: Quantos dias de suspensão deverá ter o burro do Carvalho?? Suspenso para a vida talvez? 

Enfim, nem sei o que diga... o sistema futebolístico em Portugal é uma brincadeira, pura e simplesmente...




segunda-feira, 31 de março de 2014

O jogo valeu pelo resultado... 3 pontos que são um grande passo rumo ao 33º

Braga 0-1 Benfica

Equipa inicial: Oblak, Sílvio, Luisão, Garay, Siqueira, Fejsa, E. Perez, Gaitán, Markovic, Rodrigo, Lima
Ainda entraram: R. Amorim, Salvio e André Gomes
Marcou: Lima(13 min)

Mau jogo na minha opinião... não vale a pena disfarçar. A verdade, é que em grande parte do jogo o Benfica andou perdido porém, o Braga pouco ou nada ameaçou.

O Benfica entrou muito bem, forte, a pressionar à frente. Aos 13 min já vencia por 1-0 sendo que poderia ter já marcado anteriormente por intermédio do Gaitán.

A partir do momento do golo, o Benfica encostou. Não valia a pena arriscar em demasia... o Braga, com muitas alterações, já se sabia que ia jogar com um bloco baixo a tentar explorar o contra-ataque. Ainda assim, recuámos em demasia, entregámos o jogo ao Braga e tivemos, por vezes, dificuldades em fazer 5 passes certos de seguida.
Enzo, que para mim começou bem, deixou de funcionar a certo ponto e foi daí que muitos dos nossos problemas vieram. Não há dúvida que o homem é o motor da equipa e quando sente dificuldades, toda a equipa se recente.
A linha defensiva não esteve mal na minha opinião... Siqueira lidou bem com a ameaça Pardo que foi sempre um dos jogadores que mais tentou. Luisão estava lá, sempre no sítio certo. Garay já fez melhor e Sílvio falhou muitos passes.

O Benfica teve dificuldade em dar largura ao jogo. Sempre que tentava sair a jogar pela lateral, não conseguia ter progressão, salvo algumas investidas já no último terço, no lado direito do ataque.
Markovic não apareceu e Gaitán, que no início começou bem, também acabou por se 'esconder' do jogo.

Há quem lhe chame gestão. Para mim, gestão faz-se com bola, com posse, não assim!

Mas pronto...  às vezes há dias maus, nem sempre dá para fazer aquelas exibições de encher o olho mas os 3 pontos estão lá e isso é que conta!!
Foi sem dúvida um passo importante rumo ao 33º, mas temos de manter os pés bem assentes na Terra. Ainda nada está ganho. O Benfica tem mais que condições para vencer os próximos jogos, sendo que 3 deles são em casa e ganhando esses 3, somos campeões independentemente dos outros! Mesmo assim, uma das deslocações é a Arouca e temos obrigação de vencer.
A ida ao dragão é na última jornada e o Benfica, se merecer ser campeão, já terá que ter o assunto arrumado por essa altura!

Não foi definitivamente o fim-de-semana dos 'grandes'. O Benfica teve dificuldades, o Sporting viu-se à rasca e o Porto mandou mais um escorregão! O que é Nacional é bom não?? Ai o Estoril a morder os calcanhares! 

Para aqueles que contestam o penalti...


A falta é dentro, não há dúvida. Boa decisão do árbitro que de resto, esteve bem durante o jogo...
Antis, arranjem outro bode espiatório!

Os 3 primeiros estão assim:
1º - Benfica - 64 pts
2º - Sporting - 57 pts
3º - Porto - 49 pts

As batalhas que temos pela frente:
Benfica - Rio Ave
Arouca - Benfica
Benfica - Olhanense*
Benfica - Setúbal
Porto - Benfica

* Se não vacilarmos, poderemos sagrar-nos campeões já contra o Olhanense no dia 19 de Abril!

Vamos lá Benfica!!


domingo, 30 de março de 2014

Braga - Benfica | Proença no ataque à liderança...


Meus queridos, logo às 17h.... temos 'Proençada' no Axa...

Será que depois da reportagem desta semana, em que admitiu que deu o campeonato de à 2 anos ao FC Porco, terá coragem de tentar tirar-nos mais um? Não sei...

Ao Benfica cabe-lhe jogar não a 100, mas a 200%.

Este jogo de hoje é um dos maiores obstáculos que temos pela frente nesta nossa caminhada!

Eis a lista completa de convocados:

Guarda-redes: Artur Moraes e Oblak;


Defesas: Garay, Maxi Pereira, Jardel, Sílvio, Siqueira, André Almeida e Luisão;


Médios: Fejsa, Enzo Perez, Gaitán, André Gomes, Salvio e Ruben Amorim;


Avançados: Cardozo, Markovic, Rodrigo e Lima.


Vamos lá Benfica! Rumo ao 33º!!

sexta-feira, 28 de março de 2014

Sobre quarta e ainda: Bruno de Carvalho, a BESTA-MOR

Porto 1-0 Benfica

Nada a dizer sobre o resultado... resultado justo, perante um Benfica mansinho.
JJ tinha que gerir e geriu... as substituições não fizeram efeito... os extremos perderam muitas bolas e não conseguiram dar profundidade ou encontrar espaços, Cardozo foi inexistente, Amorim teve muitas dificuldades e fez muitas asneiras... até os centrais! Nem eles sabiam o que fazer à bola...

A primeira parte foi para esquecer mesmo...
Na segunda equilibramos mais, mas continuámos a ser quase inexistentes ofensivamente. Excepção a um lance de canto estudado em que Amorim quase marca. Boa defesa de Fabiano.

O Porto venceu justamente mas 1-0 vale o que vale.
Fica claro que se tivermos aspirações em prosseguir na Taça temos de apresentar outro onze na luz e aí sim, mostrar ao Porto do que somos feitos!

De momento preocupa-me mais o jogo deste fim de semana contra o Braga.
Proibído ceder! 7 pontos é menos do que o que parece...

Não querendo dizer que os lances a seguir tiveram influência no resultado (o lance do Fernando quase que tinha pois no decorrer da jogada Jackson quase que faz o segundo) mas foram lances feios e o do Fernando nem sancionado foi... no outro lance o Herrera quase que parte o pé ao Salvio.


O Porto jogou com o onze titular, o Benfica não. O Porto jogou melhor e ganhou bem.
Na luz, talvez já tenhamos o calendário mais aliviado, e usando a nossa melhor equipa, não lhes vamos dar hipótese!

Entretanto na imprensa... a BESTA-MOR continua a tagarelar. É assim, até pode estar a fazer um bom trabalho como presidente mas é uma autêntica besta, um imbecil!
Em Fevereiro, na Luz, viu-se quem merece estar em primeiro. Come m*rda fdp!